30 de dezembro de 2010

No rain, no rainbow



Eu, hoje, acredito piamente que precisamos passar por situações difíceis e desoladoras a fim de se chegar a um certo entendimento sobre a vida, para que possamos aprender coisas importantes sobre o que é sobreviver nesse caos que é nosso mundo e para que entendamos o real sentido de felicidade. Tudo pelo que passamos eu encaro como uma espécie de teste, para verificar se estamos prontos para viver determinadas experiências, para encarar novas etapas.

É comum no momento em que nos encontramos em meio a situações que julgamos "sem saída", em meio às famosas "tempestades", ficar extremamente complicado pensar que aquilo é apenas uma fase e, muitas vezes, nos parece muito mais simples desistir e pronto. E desistimos de fazer planos, de sonhar, de pensar que tudo, um dia, pode ficar bem. Isso está tão errado!

Sabe, olhando para trás eu vejo que cada problema que me deixou chateada, que cada dificuldade pela qual passei só me fez crescer. E eu não lamento nada disso, eu sempre agradeço pela oportunidade que tive de enfrentar cada pequeno obstáculo e aprender coisas importantes a partir de cada um deles.

E agora, fazendo um balanço desse e dos últimos anos, eu posso dizer sem qualquer dúvida que eu estou vivendo uma fase muito boa e que eu só pude chegar a isto após tudo que foi vivido e que eu estou pronta para ser cada dia mais e mais feliz! E eu vou ser, porque eu mereço.

Portanto, ao invés de lamentar seus obstáculos, encare-os de um outro modo. Pense que esta é somente uma fase, que estas situações estão aí para serem superadas e que há tantos problemas infinitamente maiores que o seu por este mundo afora.

Não há nada que com saúde não possamos resolver. Eu gosto de pensar assim.

Um bom 2011 a todos vocês!



"Para sonhar um ano novo que mereça este nome, você, meu caro, tem de merecê-lo, tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil, mas tente, experimente, consciente. É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre." 
(Carlos Drummond de Andrade)



"Nenhum ano será realmente novo se continuarmos a cometer os mesmos erros dos anos velhos." 
(Autor desconhecido)





3 comentários:

tarcisiorangel1@gmail.com disse...

(sigo O_Terapeuta no twitter) sempre vejo suas atualizações, e agora oficialmente tbm estou te seguindo aqui. fiquei feliz q tenha gostado do q escrevi... confesso q suas palavras são sempre um acalanto para o meu coração tão ferido.

Mina disse...

Oiee.. demorei pra ler esse...rs...

Roubei as citações!!

ótimo texto, bem esperançoso e encorajador para enfrentar novos obstaculos!! =)

bjos

C. disse...

Obrigada pelos votos e feliz 2011 cheio de sorrisos inesgotáveis.

E sim, as tempestades passam, e depois o sol sempre volta a brilhar!